CINEMA — Festas afro-mineiras

Data: 22 de novembro, sexta-feira

Horário: 16h30

Local: Centro de Referência da Juventude – CRJ – Auditório

Endereço: Rua Guaicurus, 50 – Centro

 

Festas dos Pretos Velhos, de Bruno Vasconcelos

Classificação: livre

(Brasil | 2019 | Documentário | 20 minutos)

A “Festa dos Pretos Velhos” acontece há 37 anos na Praça Treze de Maio, que foi construída para receber esta celebração. A conquista da praça e a tradição da festa resultam de uma longa trajetória de organização afro-religiosa na cidade. Na praça, reúnem-se devotos, simpatizantes e curiosos em um forte exemplo de convivência com a diversidade e de resistência na cidade, fortalecendo a cultura afro-brasileira para vencer o racismo e suas práticas de extermínio.

 

Festa de Iemanjá, de Bruno Vasconcelos

Classificação: livre

 

(Brasil | 2019 | Documentário | 20 minutos)

Em Minas Gerais, em especial onde se formou Belo Horizonte, os cultos de matrizes africanas são muito anteriores ao surgimento das umbandas e candomblés em suas formas contemporâneas de organização. Na capital, a “Festa de Iemanjá” acontece desde 1958, na orla da Lagoa da Pampulha, manifestando uma poderosa capacidade de articulação entre as diversas tradições de umbanda, reinado e candomblé, em celebração à Rainha das Águas.